Sanda ( 散打 )

É uma modalidade desportiva de combate do KUNG FU WAI JIA baseada em técnicas de ataque e defesa de estilos tradicionais que emergiu através do 1° INTERNATIONAL SANSHOU TOURNAMENT ocorrido durante o INTERNATIONAL WUSHU FESTIVAL em 1988.

É conhecido como SANSHOU em eventos de WUSHU e LEI TAI em KUOSHU.

Em SANDA (散打) os adversários competem com técnicas variadas (chutes e socos) quando lutando em pé, quedas e projeções sob regulamento próprio e utilizando equipamentos de segurança (protetores de cabeça, luvas, coquilhas, e protetores de canela) quando combatendo.

O treinamento em SANDA (散打) melhora a coordenação motora, reflexos e concentração do praticante resultando em disciplina dos valores morais, sociabilidade e auto-confiança quando em situações de auto-defesa.

Metodologia de ensino do SANDA pela USKF/AFK.

A metodologia de ensino do SANDA pela USKF/AFK é uma combinação de cinco estilos tradicionais, a saber: FAN ZHI; BA GI ou PA CHI; TONG BEI; PIQUA e CHA CHUAN, enfatiza o treinamento dos fundamentos (JI BEN) aplicados em várias fases de graduação – JIBEN CHUAN FA (socos), JIBEN PU FA (posturas), JIBEN FANG FA (guardas básicas ), JIBEN CHAN FA (tapas), JIBEN TZOU FA (cotoveladas), JIBEN TUEI FA (chutes), JIBEN HSI (joelhadas), JIBEN TUEI FA FEI (chutes voadores) e suas combinações, JIBEN PI TUI BA FA ( alongamentos básicos) e RESHEN SANDA (aquecimento).

CHI KUNG, trabalho no punch ball, corda, técnicas SHUAI (arremessos com treinamento no saco pesado) TI KUNG CHUAN (quedas), PING CI (armas) – DHUAN GHUN (bastão curto), CING LI (saudação chinesa tradicional).